Luta de leões

Os últimos dias têm sido cruéis, na verdade, nos últimos dias tenho até me recuperado. Então vou começar novamente…

As últimas semanas têm sido cruéis, era só uma ferida que quando começou a se fechar foi arrebentada, estourada, esfolada, e outra ferida se abriu, doeu tanto, e quando parece que começo a ver cicatrizes se formarem, tudo estoura novamente, foram três grandes ferimentos, absurdamente doídos, minuciosamente chorados pelo tanto que doeu. Perdi tanto em um mês que não consigo nem calcular, perdi sonhos, e talvez sonhos sejam incontáveis. Por esse motivo não posso calcular. Perdi chances também, e chances únicas, chances que lutei com todas as minhas forças para agarrar, mas passou, e como passou.

Se você é cristão como eu, sabe que nesses dias difíceis, aos quais o próprio Jesus nos alertou quando esteve aqui na terra dizendo que no mundo nós teríamos aflições (João 16:33), o melhor companheiro é Jesus, e o melhor livro é Salmos. Li muitos, com uns chorei mais, em outros me confortei, mas uma coisa sei “…Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus” (Salmos 42:11). Eu sei que Deus sabe tudo, e que agora eu não entendo, mas eu confio em Deus, mesmo sem entender. E as feridas começam a fechar até porque a vida não para!

E nesse de “bola para frente” resolvi (entre outras coisas) ver uma série que eu gosto muito Grey’s Anatomy(não recomendo, mas gosoto), fazia um tempão que não sentava para assistir um episódio, e comecei de onde tinha parado, um dos episódios que assisti foi o 12 da 4ª temporada (faz tempo…), neste os residentes finalizam uma competição para ver quem é o melhor da cirurgia, e somam pontos, Grey (Ellen Pompeo) vence, e ganha um bip especial, Izzie (Katherine Heigl) perde depois de gastar milhares tentando diagnosticar algo mais em um paciente que dá entrada com um tornozelo doente e que têm só mais uma gripe. No finzinho Dr. Richard (James Pickesns) conversa com Izzie e diz à frase que todo mundo que lutou muito e perdeu algo merece ouvir, e que me ajudou mais um pouco. Dr. Richard disse algo assim:

A competição é uma luta de leões. Portanto, erga a cabeça, aprume os ombros, e ande com orgulho. Não lamba suas feridas, comemore-as. As cicatrizes que você tem são as marcas de um guerreiro. Você esteve em uma luta de leões. Só porque você não venceu, não significa que não saiba rugir.

PS:Escrito na última semana de julho/2011.

About these ads

Sua opinião é bem vinda!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s