Direito? Não!

Veja bem, eu sou o tipo de pessoa que gosta das coisas todas certinhas. Todos os potinhos nos is, tudo, tudo, tudo. Ou seja, sou bem a favor do correto, sou bem a favor das leis. Acho que a lei é a maior expressão de liberdade que pode existir, porque nos dá segurança, nos protege.

Outra coisa, quando eu acredito em alguém ou em alguma coisa eu acredito de verdade, acredito sinceramente. E tudo que eu acredito eu defendo.

Seja minha religião, meus princípios ou minhas convicções pessoais. E logicamente as pessoas que eu amo (quando estão corretas).

Aí por ser assim, expressiva, em relação a minha opinião as pessoas confundem firmeza, segurança e opinião, com o direito e o papel desempenhado pelo advogado.

Eu não tenho nada contra os advogado (tenho bons/queridos amigos que fazem direito), não tenho nada contra o direito. Mas de uma vez por todas “eu não acredito na justiça que se faz aqui nessa terra”. E esse é um bom motivo pra não pensar em fazer direito, isso mesmo, isso não passa pela minha cabeça. As leis são bem legais e bem formuladas, mas a justiça não existe.

Aí, só porque tenho opinião e defendo a mesma, as pessoas ficam falando que eu teria talento pra direito. Nada a ver!

Eu não penso em direito e ponto final.

Isso me irrita!

Tanto tempo sem postar, aí publico isso? Agente supera….

Beijos

Tou sem tempo…

Ps: Cuidado! O texto não revisado…

Anúncios