Para cristãos…

Deus diz não, você diz sim…
Deus diz sim, você diz não…
Você está fazendo isso errado…
Deus diz sim, você diz sim…
Deus diz não, você diz não…
Você está fazendo isso certo…
Tentação, ela sempre está a nos cercar.
Quando Deus disser não, pare!
Quando Deus disser sim, continue!
Porque…
Sempre, sempre, sempre…
Deus sabe o que é melhor para você!

Não julgue

Não julgue um livro pela capa
Nem mesmo pelos “testemunhos” de quem já leu
Ouse ler a introdução
Mas, não fique só por aí
Se aventure nos capítulos seguintes
Dedique-se
Experimente refletir sobre o ponto do vista do autor
Coloque-se no cenário descrito
Finalmente, conclua o livro
E aí sim, dê a sua opinião
Compare com sua primeira impressão
Arisque-se a pensar diferente
Aí, possivelmente, seu julgamento vai ser diferente.

 Pessoas são como livros

2º Fase: Nova temporada do Coisas dessa vida

Olá Pessoas,

Pensei em fazer um super texto para voltar a publicar, como não é possível… quero apenas avisar que voltei…
Quero escrever e compartilhar…
Escrever sobre a vida, pra mim, é fantástico, porque me possibilita escrever sobre tudo que me encanta, me faz amar, me constrange, me faz doer, me faz sofre, me faz acreditar…tudo que me faz escrever!

Seja mais uma vez bem vindo e comente sempre. Não vou prometer longos textos, profundos e reflexivos, vou apenas escrever.

Para quem não sabe, agora sou mestranda (já alterei no perfil), por isso, quero logo esclarecer que, o blog NÃO se destina a textos científicos, no entanto, assuntos científicos certamente surgiram, e acadêmicos então… vão existir mais do que nunca, e claro, eu não tenho tempo… Assim, não vou prometer nada, vamos tentar um texto por semana.

Por outro lado, gostaria de informar que esse blog narra o desenvolvimento mental, físico, espiritual, intelectual, científico de uma pessoa… assim, não espere perfeição de ideias, opiniões, nem tão pouco da língua escrita, isso porque andei olhando os textos antigos e percebi que existem muitos erros de gramatica, perdoem. Prefiram as ideias, e olhem o ano, porque algumas evoluíram. Comecei esse blog em 2008, e hoje estamos em 2013, lembrando que não escrevi nada em 2012.

Alguns podem questionar o motivo de permanecer em um blog “velho” porque não criar um “novo” que reflita melhor a minha nova fase… Sobre isso eu penso que o que reflete uma fase é um texto, escrito em um dia, de um ano, assim, o blog representa sim meu desenvolvimento, meu crescimento, minha evolução.

Um aspecto interessante, eu não divulgo o blog para pessoas “amigas”, “queridas”, “familiares”, “conhecidos”, nem mesmo publico a propagada nas redes sociais, apenas a uns 2 amigos falei sobre o blog, outros amigos descobriram. Não vejo problema em alguém, quem quer que seja, que me conheça descobrir, só, até agora, penso que não tenho “necessidade” de convidar os amigos para ler o blog, isso às vezes é vantagem, outras é desvantagem. Mas é assim, que por enquanto acho melhor que seja.

O que me deixa muito feliz é sempre receber e-mails do WordPress informando dos comentários, fico feliz que pessoas comentem textos que foram escritos há 4 anos. Por essas e outras nunca pensei em “me livrar” ou “deixar” o blog, apenas estava de férias… quase sempre cuidando da minha carreira.

Algo que achei muito baca foi as mudanças feitas no perfil do WordPress para o melhor gerenciamento do blog, esta blogueira agradece. 

É isso! Amanhã tem textinho…

Abraços a todos!