Um drama em 24 meses

Se a minha visão de mundo é tão diferente do que me impõem a estudar… eu fico me perguntando… como poderei me inspirar para escrever? De tanto refletir entendi que devo jogar fora a essência do ser para poder escrever sobre algo excessivamente exterior a mim. Transformei-me em um ser redondo, assim vejo só um lado da coisa, não vejo a essência, mas não perco a essência, vejo apenas o que devo ver agora, o que devo fazer agora para meu objetivo alcançar, se eu ver demais vai doer, se eu não ver eu consigo sublimar, sublimo o ser em busca do meu objetivo. Pela sublimação do ser, não serei anormal a corrente de pensamento que me empurram garganta abaixo. Esse é o drama de alguém que decide fazer pró-graduação, e terá que escrever o que o programa, o orientador ou o projeto manda. Menos escrever sobre o que você acredita ser eficiente, importante e necessário. Não, eu não sou contra pesquisa básica, eu gosto, o tema não é esse. É apenas um desabafo que quem terá que escrever sobre o que essencialmente não acredita. 

obrigada_pela_visita

Bem, o Coisas desta vida não foi o sucesso absoluto. Mesmo assim tenho um amor imenso por esse espaço, esse cantinho, que é meu, que dividi uma época com Jemima(irmã) e que continua aberto para ela.

Nesse tempo sempre recebi muitas visita, e alguns comentários bem bacanas. Até hoje continuo na dúvida de tornar o blog publico para os que conheço fazendo propaganda dele no orkut e no twitter(se é que muitos deles já não descobriram). Até hoje não fiz, e não sei quando vou fazer.

Mas o objetivo desse post é agradecer a todos que continuam visitando o blog e fazendo comentários tão legais. Agradeço o carinho. Agradeço a todos que compartilham comigo suas historias.

O motivo principal de eu não tá publicando é o de sempre: falta de tempo pra escrever. Como faço dois cursos é muito complicado ficar publicando sempre, curso por período umas 10 disciplinas, por isso fica complicado.

Mesmo assim ainda considero esse blog um lugar especial, e tenho a verdadeira intenção de publicar mais, penso em dois textos por semana, o que já seria um começo bem interessante.

Obrigada pela visita.

Volte sempre!

Sinceramente,

Lídia

Blog descoberto?

Olá Pessoas,

Então, hoje tive a ligeira impressão que tem gente que sabe da existência do blog. Pode ser só grilo meu, ou o fato de eu não estar acostumada a fazer coisas escondidas (sim porque o blog é meio que escondido, dado que eu não faço propaganda dele). Mas tive essa impressão pelo fato de ouvir essa frase: “Eita,vocês deviam escrever para o boletim, vocês escrevem aí pra todo canto e pro boletim vocês não escrevem”. Nessa hora estávamos eu e uma amiga. Ela é jornalista, tudo bem, escreve mesmo. Mas eu? Só se isso se referir ao fato de eu ter essa semana publicado um texto que fiz há uns dois meses e publiquei aqui no blog. Aí fica a pergunta na minha cabeça… Será que pessoas conhecidas minhas sabem da existência do blog?

Não vou mentir, se souberem eu vou me sentir um pouco invadida. É verdade que ultimamente eu tenho escrito bem pouco, mas mesmo assim, é meio constrangedor. Porque por exemplo, pessoas que não me conhecem e lêem o blog direto, não me conhecem(provavelmente você que está lendo) mas gente que você conhece sabendo de algumas coisas que escrevo aqui no blog em tempo real, isso me deixa bem constrangida. Como também pode ser só jogada (conhecendo do jeito que conheço a pessoa, pode sim ser só jogada – eita e se ela estiver lendo isso? Ah!) da pessoa pra eu e minha amiga escrevermos. Na verdade eu já havia pensado em fazer isso, escrever pro boletim (tipo um jornalzinho da minha igreja). Só que tenho que ter a inspiração certa. Tem que ser no tempo certo, com a mensagem certa. E só consigo fazer isso quando tenho uma inspiração. Mas mesmo assim fiquei bem intrigada.

Então aí vai o recado: Se tiver alguém amigo ou colega meu, lendo o blog, se apresente, comente, fale. Vou continuar colocando os textos, fortes e tal, mas tem que se apresentar para eu me prepara psicologicamente pra olhar na sua cara.

E sobre o dia de hoje…O sábado foi maravilhoso! Esse é realmente o dia de esperança! Qualquer dia desses faço um post sobre o sábado, meu dia de esperança, eu mereço, o blog merece, e principalmente você, querido leitor, merece esse texto.

No mais, Boa Semana! Que nessa semana você possa fazer com que as pessoas que estão ao seu redor sejam mais FELIZES!

Novidade no blog

blog1Ter um blog foi uma boa decisão, bem tomada, madura (nossa?! rs), consciente(apesar de não gostar de escrever).

Escrever no blog me deixa feliz, me traz mais alegria, dá um brilhinho a mais nos olhos.
Escrever no blog é prazeroso mesmo assim muitas vezes se torna complicado…

….Falta de assunto, falta de tempo, falta de motivação, falta de paciência, medo de ser muito pessoal, medo de ser infiel a proposta do blog(mesmo sabendo que ele é MEU e escrevo o que EU quiser e quando quiser). Sem falar que às vezes dá vontade de mudar o layout e pra quem tem wordpress sabe que a falta opção é grande.

Como é um pouco trabalhoso eu já tive vontade de convidar alguém, pensei muito em alguém que se identificasse muito comigo a ponto de dividir o blog, pensei…, pensei…,pensei.., e cheguei a uma conclusão – essa pessoa seria minha irmã e muito amiga (Jemima), hesitei e deixei a idéia pra lá.
Até que um belo dia …

Jemima: Estou pensando em fazer um blog…
Eu: É?
Jemima: Só que não é igual ao teu, não. É de saúde.
Eu: Ah é? Hum…
Jemima: É.
Eu: Sabia que é difícil manter um blog e de saúde deve ser pior ainda.
Jemima: Mas eu quero um de saúde.

Fui esnobada porque o meu blog só é de “coisas desta vida”.
Passa um tempo….

Jemima: Minha amiga falou que eu devia ter um blog, falou que é muito legal e eu ia gostar. Porque minha amiga ta amando ter um blog. E eu já pensei tanto nisso.
Eu: É?
Jemima: É! Ô irmãzinha me deixa escrever no teu blog? Deixa vaaai?
Eu: Certo!
Jemima: Mesmo?
Eu: É!
Jemima: Então ta certo!

Isso foi antes do carnaval, ela viajou e quando voltou já me cobrou mais de uma vez, pensando que desisti. Que nada é que falta tempo….

Quero avisar aos senhores leitores que a partir de amanhã eu vou ter a ilustríssima companhia de minha amiga e irmã Jemima. Vocês vão ama-lá, ela é ótima. Gosta de escrever e escreve bem melhor que eu.

É isso….
Seja bem vida a blogosfera Jemima!
Este é o seu blog!
Fique bem à-vontade (calma!)
E escreva bastante!

Quais são seus sonhos???

Não! Eu não abandonei o blog!

Só que essa semana não senti exatamente vontade de escrever, ou melhor, de concluir o que comecei a escrever.

Na verdade passei a semana refletindo. É que mais um ano passou pra mim aí fiquei assim reflexiva.

Hoje também não vim escrever, escrever, escrever.
Eu vim só…

Bem, eu vi colocar uma música muito linda que conheço e gosto muito. E tem tudo a ver com a conclusão das minhas reflexões.

Se você tem preconceito com música gospel, tire o “pre” e mude seu conceito. A música é bem bonita e pura realidade. E a voz do cantor (Robson Fonseca) é perfeita.


O Sonho de Deus é maior

Por Maior que sejam seus sonhos
O Sonho de Deus é maior
Ele sabe o que você pede
Mais o que Ele quer dá é melhor
Você hoje não pode entender,
Pois só pede o que cabe em suas mãos
Infinitos são os sonhos de Deus
Pra você.

Em caminho escuro você pede luz
Deus dá o sol a você
Nas ruas nas praças pede esmola
Deus dá vida nova à você
Pede um sorriso, pede um amigo
Deus dá um irmão à você
Pede conforto, pede riqueza
Deus dá o céu à você
Só Deus, supera seus sonhos
Só Deus, quer dá sempre mais,
Muito mais

Estouram as guerras, você pede abrigo
Deus dá a paz à você
Em fome e miséria lhe faltam o trigo
Deus dá o pão à você
Pede saúde, pede a cura
Deus dá a vida eterna à você
Pede ciência, sabedoria
Deus dá o infinito à você
Só Deus, supera seus sonhos
Só Deus, quer dá sempre mais,
Muito mais.

Só Deus, supera seus sonhos
Só Deus, quer dá sempre mais,
Muito mais.

O Sonho de Deus é maior
Pra você