O que desengasga?

Você já se engasgou alguma vez? Se sim, já sentiu aquela triste sensação de ter alguma coisa sufocando a sua garganta, um nó constante, um incomodo. E aí alguém sugere… comer farinha, beber água, bater nas costas. E daí, de uma hora para outra, ou o que tá te engasgando desce, ou saí fora. E tudo volta ao normal.

Mas e na vida, o que desengasga?

Já teve essa sensação de que está com alguma coisa entalada na garganta, alguma coisa que você não pode resolver, que você não quer engolir, queria apenas cuspir fora mais não pode?

Triste sensação. Aqui estou eu, profissionalmente abalada. Parece que comecei a questionar todos os meus desejos e aspirações profissionais porque apesar de estar fazendo o que gosto, não estou fazendo do jeito que gosto, ou do jeito que acredito que deveria ser, triste fim de um começo. E assim fico engasgada. Tentado fazer o que não quero, só porque o “sistema” quer, ainda bem que o que estou fazendo é honesto e descente, só pra explicar, NÃO estou em um dilema ético, só não quero estudar o que querem que eu estude.

Já tentei tantas vezes engolir no seco, mas parece que sempre volta, e sinto-me engasgada!

Aí pergunto a você caro leito, o que desengasga?

Diga-me, estou precisando desengasgar, ensine-me a engolir, ou me dê de beber, pois quero desentalar.

Triste começo do fim de um começo.